Seguidores

3.11.02


A Menor Máscara do Mundo

Os palhaços da Companhia do Gesto em novo espetáculo, estreiou terça no Teatro Laura Alvim, ficando em cartaz sempre as terças e quartas ate o dia 18 de dezembro.

Depois de "Os Clowns" (1986) e "Cláun! Palhaços Mudos" (2000), a Companhia do Gesto – RJ, coloca em cena oito novos palhaços no seu mais novo espetáculo: "A Menor Máscara do Mundo" (o nariz vermelho do palhaço, considerado a menor de todas as máscaras cênicas).
A idéia do espetáculo surgiu ainda em 2001, dentro das oficinas do projeto "Jogo de Máscaras e Clowns" coordenado por Dácio Lima, introdutor do jogo do clown como linguagem cênica nos palcos brasileiros, e agora chega ao palco do Teatro Laura Alvim, que estreiou dia 22 de outubro, com elenco formado por palhaços saídos das oficinas do projeto.

Este foi o último espetáculo que começou a ser dirigido por Dácio Lima antes de ser morto, em fevereiro deste ano.

O trabalho com "A Menor Máscara..." teve continuidade garantida por Luís Igreja, ator integrante do núcleo da Companhia do Gesto há 15 anos, que assumiu a direção do espetáculo e da Companhia após um ano de viagem pelos Estados Unidos, Europa e Ásia com um espetáculo solo de clown.

O grupo é formado por sete palhaças e um palhaço que, a exemplo dos espetáculos anteriores da companhia, transformam situações simples e cotidianas em motivo para jogo e riso, numa abordagem inusitada e poética acentuada pela linguagem do teatro gestual pesquisada pela Companhia.

Um simples tropeço, a vontade de comer um pão ou uma dancinha enamorada se transformam em fatos surpreendentes, motivos para o riso e comoção, para a exploração do patético e do poético pelos palhaços. Revirar o cotidiano do avesso é, aliás, uma das bases clássicas dos números de clown utilizadas como jogo teatral, capaz de expor sem pudores o que existe de mais humano em cada um.

A poesia ganha espaço numa partida de futebol feminino (capaz de "enlouquecer" qualquer juiz ou torcedor desavisado) que constrói um elo direto com a memória afetiva brasileira, resgatando o futebol arte de outros tempos, tão bem retratado pelo Canal 100. Utilizando o recurso da movimentação em câmera lenta para obter um resultado estético mais apurado, a cena tem sua força no conjunto da ação do grupo.

Os palhaços também se arriscam numa ópera improvável em que brincam com os códigos estabelecidos do mundo lírico para contar uma história de amor trágica e banal, como deve ser toda boa história de amor.

Uma rave de palhaços traz impacto e envolvimento sensorial da platéia na ação e abre espaço para a crítica totalmente atual, exibindo o que há de surreal, grotesco e hilário nos personagens que buscam novas emoções sensoriais nas festas.

"A Menor Máscara do Mundo" dá prosseguimento e aprofunda a linha de pesquisa desenvolvida pela companhia carioca há 17 anos, na opção por jogos teatrais pouco habituais como máscaras e clowns, abdicando das palavras para explorar ao máximo a comunicação gestual, permitindo a aproximação cada vez maior de um estado mais revelado das pessoas em cena.

O espetáculo provoca riso e comoção das platéias com ironia, lirismo, graça e simplicidade. Sob medida para agradar a todas as idades.

A Companhia

O diretor Dácio Lima iniciou seus trabalhos no teatro em Brasília, no ano de 1975,. Após um período de estudos na França, fixou-se no Rio de Janeiro, onde desenvolveu pesquisa sobre a linguagem de clown e máscaras de teatro. Em 1986, após um ano de experimentações, estreou o espetáculo "Os Clowns", inaugurando o Teatro Porão Cultural da Casa de Cultura Laura Alvim.

Foi, possivelmente, o primeiro espetáculo brasileiro a utilizar a linguagem clown como técnica e tema, inspirando outros grupos pelo Brasil que hoje desenvolvem trabalhos com a mesma linguagem (o clown), ajudando a firmar essa técnica no país.

No repertório do grupo também constam, entre outros, os espetáculos "As Máscaras" (1989), "O Baile" (1993), "McBeth – A Tragédia da Ambição" (1996) e "Cláun! Palhaços Mudos", montagem do ano 2000 que marcou a comemoração dos 15 anos da Companhia do Gesto no Rio de Janeiro.


A Menor Máscara do Mundo

Teatro da Casa de Cultura Laura Alvim de 29 de outubro a 18 de dezembro

Todas as terças e quartas-feiras às 21 hs. Ingressos a R$ 10

Ficha Técnica

DIREÇÃO E ROTEIRO:Dácio Lima e Luís Igreja

ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO:Thelma Nascimento

ILUMINAÇÃO: Luís Igreja

ELENCO: Ana Carina / André Marcos / Cecília Ripoll/ Fárida Rosendo/ Jaqueline Caldas / Tânia Gollnick / Maria Clara Wermelinger /Janaína Moraes

PRODUÇÃO: Companhia do Gesto
Contatos: Ana Carina (21) 2285-4930/9854978 carinasantos@hotmail.com
Luís Igreja (21) 2247-1288/96565110 luisigreja@yahoo.com.br












11º PANORAMA RIOARTE DE DANÇA

Estreiou nesta quinta, e se estende ate o dia a 10 de novembro a decima primeira versao do Panorama de Dança com direçao geral e artistica da incansavel Lia Rodrigues. Este ano tem bailarinos da Alemanha, da França (Jerome Brel) da Inglaterra, da Holanda. Ingressos a um real - eu disse um real. Maiores detalhes aqui em "O Globo" na otima reportagem da Adriana Pavlova.

Neste domingo, as 19 hs destaque para a apresentaçao da Mestra Angel Vianna e sua ex-aluna a Maria Alice Poppe (do Stacatto) dançando uma coregografia do Alexandre Franco intitulada" Impromptu" Imperdivel.


Dia 31 abertura no Teatro Carlos Gomes.
*Carlos Gomes Ocupado
Série de performances com artistas cariocas em diferentes espaços do Teatro Carlos Gomes
*Inauguração do Panorama Lounge
Ponto de encontro do Panorama que terá a cada noite um DJ diferente + bar + restaurante
Dia 1 de novembro - sexta
21:00 hs - ESPAÇO CULTURAL SÉRGIO PORTO
* Criadores-Curadores
Programação com curadoria da Dupla de Dança Ikswalsinats (RJ)
Dia 2 de novembro - sábado
19 hs - TEATRO CARLOS GOMES - Sala Paraiso
PANORAMA PARAISO
Marcela Levi e Claudia Garcia ( Rio de Janeiro)
20hs - TEATRO CARLOS GOMES - Palco
* "The show must go on" - Jerome Bel (França)
* Platéia Foyer
conversa com o coreógrafo logo após o espetáculo, coordenada pelo
Grupo de Estudos em Dança do Rio de Janeiro

Dia 3 de novembro - domingo

18 hs - TEATRO CARLOS GOMES - Sala Paraiso
PANORAMA PARAISO
Marcela Levi e Claudia Garcia ( Rio de Janeiro)

19 hs - TEATRO CARLOS GOMES - palco

* Angel Vianna e Maria Alice Poppe
coreografia de Alexandre Franco ( Rio de Janeiro)


* Danças Rubens Barbot ( Rio de Janeiro)



21:00 hs - ESPAÇO CULTURAL SÉRGIO PORTO

* Cie. Felix Ruckert (Alemanha)




Dia 4 de novembro - segunda

21:00 hs - ESPAÇO CULTURAL SÉRGIO PORTO

* Cie. Felix Ruckert (Alemanha)

* Platéia Foyer
conversa com o coreógrafo logo após o espetáculo, coordenada pelo
Grupo de Estudos em Dança do Rio de Janeiro

Dia 5 de novembro - terça

18h - Centro de Arte Hélio Oiticica

Palestra com Nicky Childs ( Reino Unido )
Com tradução simultânea
Produtora da Artsadmin, uma agencia de produtores que representa artistas de vanguarda no Reino Unido
dia

21 hs - ESPAÇO CULTURAL SÉRGIO PORTO

* Novíssimos
A nova geração de coreógrafos cariocas selecionada através de uma oficina de curadoria com 3 jovens estudantes universitários de dança Bruno Beltrão (UniverCidade), Dani Saad (UniverCidade) e Juliana Ribeiro (Faculdade Angel Vianna)

Dia 6 de novembro - quarta

18h - Centro de Arte Hélio Oiticica
Palestra com Gary Stevens ( Reino Unido )
Com tradução simultânea


19 hs - TEATRO CARLOS GOMES -Sala Paraiso

PANORAMA PARAISO
Marcela Levi e Claudia Garcia ( Rio de Janeiro)

20 hs - TEATRO CARLOS GOMES - palco
* Basirah ( Brasilia)


22hs - ESPAÇO CULTURAL SÉRGIO PORTO

* Novíssimos
A nova geração de coreógrafos cariocas selecionada através de uma oficina de curadoria com 3 jovens estudantes universitários de dança Bruno Beltrão (UniverCidade), Dani Saad (UniverCidade) e Juliana Ribeiro (Faculdade Angel Vianna)

Dia 7 de novembro - quinta

19 hs - TEATRO CARLOS GOMES - Sala Paraiso

PANORAMA PARAISO
Marcela Levi e Claudia Garcia ( Rio de Janeiro)


20hs - TEATRO CARLOS GOMES- palco

*Solos Cariocas - Auto Retrato

Patricia Niedermeier
Giselda Fernandes
Alexandre Franco
Henrique Schuller
Paula Águas

22 hs - ESPAÇO CULTURAL SÉRGIO PORTO

* Wagner Schwartz ( Uberlandia/ Minas Gerais)

* Paulo Mantuano e Kylie-Jane Wilson ( Rio de Janeiro /Australia)


Dia 8 de novembro - sexta

de 18 às 22 h - Centro de Arte Hélio Oiticica

*Apresentação de AND, Gary Stevens (Reino Unido)


19 hs - TEATRO CARLOS GOMES -Sala Paraiso


PANORAMA PARAISO
* Marcela Levi e Claudia Garcia ( Rio de Janeiro)



20 hs - TEATRO CARLOS GOMES - palco

* Thomas Lehmen (Alemanha)



22hs - ESPAÇO CULTURAL SÉRGIO PORTO

* Thembi Rosa ( Belo Horizonte/ Minas Gerais)

* Andrea Jabor (Rio de Janeiro)

Dia 9 de novembro - sabado


de 14 às 18 h - Centro de Arte Hélio Oiticica

* Apresentação de AND, Gary Stevens (Reino Unido)


19 hs - TEATRO CARLOS GOMES - Sala Paraiso

PANORAMA PARAISO
Marcela Levi e Claudia Garcia ( Rio de Janeiro)


20 hs - TEATRO CARLOS GOMES - palco

* Kaiowas ( Santa Catarina)


22hs - ESPAÇO CULTURAL SÉRGIO PORTO

* Cristina Moura ( Brasilia/Dinamarca)

Dia 10 de novembro - domingo

de 14 às 18 h - Centro de Arte Hélio Oiticica

* Apresentação de AND, Gary Stevens (Reino Unido)

14 hs - TEATRO DO JOCKEY

* apresentação do resultado da residencia com Thomas Lehmen


19 hs - TEATRO CARLOS GOMES -Sala Paraiso

PANORAMA PARAISO
*Marcela Levi e Claudia Garcia ( Rio de Janeiro)


20 hs - TEATRO CARLOS GOMES - palco


* Marcia Rubin Companhia de Dança ( Rio de Janeiro)

* Cristian Duarte ( São Paulo/Bélgica)


* GARY STEVENS (Reino Unido)
Centro de Arte Hélio Oiticica
dia 16 de outubro - encontro com Gary Stevens, de 16 às 18 h
de 17 de outubro a 07 de novembro, de 2a. a sábado
horário: de 9 às 13 h


* THOMAS LEHMEN ( Alemanha)
Centro de Arte Hélio Oiticica
de 21 a 29 de outubro, de 2a. a sábado
horário : de 14 `as 19 ( horário a ser alterado ....)
Teatro do Jockey
de 30 de outubro a 09 de novembro, de 2a. a sábado
de 14 às 19 h

* JEROME BEL (França)
De 4 a 9 de novembro - de 14 às 19 h
(Teatro Maison de France)


PANORAMA SPRINGDANCE DIALOGUE

THOMAS LEHMEN ( Alemanha) E JAN RITSEMA ( Holanda)

Centro de Arte Hélio Oiticica - Sala de Palestras
de 11 a 13 de novembro
de 10 às 16 h