Seguidores

15.11.03


Regina Oliveira numa cena de "Guardados"

Guardados
É o nome do espetáculo que estréia hoje (quinta) só para convidados, lá na Fundição Progresso, e eu não vou perder por nada. Já confirmei a presença da minha pessoa. Guardados é um trabalho da multi-artista REGINA OLIVEIRA -- trapezista, atriz, palhaça, artesã e brincante do Teatro de Anônimo -- no seu primeiro espetáculo solo dirigida pela mestra JULIANA JARDIM. Essa dupla promete -- muito.

De Ionesco bufão a Peer Gynt, de Ibsen -- exercícios de estilo de uma palhaçatriz.
Da Mestra Juliana Jardim, eu falei dela, várias vezes nos dois blogs. Fiz o curso de bufão com ela nos cursos de extensão -- Nucleo do Ator, na UNIRIO, durante o ano passado. Desse curso iria resultar a montagem de um texto de Ionesco, em linguagem de bufão, que começamos a trabalhar em fevereiro deste ano, e deveria estreiar em agosto na Fundição, mas o trabalho foi interrompido no final de março porque o patrocínio para a montagem do espetáculo, não rolou.
A tristeza só não foi maior porque eu pensava trabalhar simultâneamente com outro grupo que eu namorava há um tempão. E foi assim que eu comecei a trabalhar extamente no dia 1o. de abril, com o grupo de estudos do Tuninho Guedes, e rolou o Peer Gynt, de Ibsen, espetáculo que ficou em cartaz durante todo o mês de outubro no SESC-Tijuca.
Se o espetáculo de bufão tivesse estreiado em agosto na Fundição, não sei como eu ia me virar com os ensaios do Peer Gynt com estréia marcada para outubro, considerando os dias da semana que eu trabalho como professora de expressão corporal, em horário integral na Fundação Lar Francisco de Paula. Nesse nosso métier artístico tem que ter mil mãos para segurar as oportunidades quando elas surgem. A gente investe num trabalho durante mêses, anos, e não rola nada.
Um belo dia rola tudo ao mesmo tempo aqui agora. E haja hoje para tanto ontem, como diria o poeta Leminski.

Nenhum comentário: