Seguidores

23.5.06


Cena da peça O Cristo Proclamado de Francisco Pereira da Silva que levou pela primeira vez para o palco do Teatro Copacabana Palace retirantes nordestinos, montagem do Teatro dos Sete, em 1960, com direção e cenários de Gianni Ratto, e direção musical de Geni Marcondes. A peça ficou uma semana em cartaz. Foi um iluminado fracasso, declarou o sábio diretor.

Na foto, Fernanda Montenegro, Sergio Brito e Italo Rossi.
Fernanda Montenegro estreou no teatro sob a direção de Gianni Ratto, na peça de Jorge de Andrade A Moratoria. No documentário, ela dá um contundente depoimento sobre o diretor:
- Pegou a mim como uma massa bruta, sem exibicionismo, sem codificar uma técnica para safar a onça, sem domesticar, me abriu para vida, me educou para o teatro. Isso eu devo a ele, professor de interpretação, sociologia, antropologia, história do teatro, e um homem prático de carpintaria de teatro.

Cena da historica montagem de O Mambembe de Artur Azevedo, estreada dia 12/11/1959 no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com direção e cenários de Gianni Ratto. Figurinos de Napoleão Monis Freire. Produção do Teatro dos Sete, do qual Gianni foi um dos fundadores.
Da esquerda para a direita, os atores, Yara Côrtez, Labanca, Fernanda Montenegro, Italo Rossi, Sergio Brito e Grace Moema.
Update: Recebí um e-mail da escritora e dramaturga Maria Inez Almeida, corrigindo a minha informação sobre a peça de estréia da atriz Fernanda Montenegro. Informa a minha amiga e conterranea, na sua abalisada intervenção:
- Ela fazia teatro desde 16 anos, como Cacilda, estreou na peça As alegres canções da montanha.
Valeu,Inezinha!

Nenhum comentário: