Seguidores

27.8.06

PINA BAUSCH - Para as crianças de ontem, hoje e amanhã
O espetáculo estréia no Teatro Alfa, em São Paulo, na próxima segunda dia 28, ficando em cartaz até domigo, dia 3 de setembro. Em seguida, segue para a capital gaúcha para apresentações no maior festival de teatro do País: o POA EM CENA, de 5 a 17 de setembro. E o Rio de Janeiro, mais uma vez fica fora dessa.

Em um cenário todo branco, sugerindo histórias infantis, brincadeiras de crianças, com um castelo de areia de mentira e bailarinos fazendo aquilo que já vimos em espetáculos anteriores. Explora com humor o mundo da criança e o aprendizado do afeto, constituindo-se em um verdadeiro tratado de paixões. A montagem enlaça amor e infância, questionando o que ocorreria se nos deixássemos levar até a felicidade. Bausch fala em descobrir todas possibilidades voltando ao princípio da vida.
Para as crianças de ontem, hoje e amanhã, Pina Bausch, trata do amor e da infância e nos faz uma provocação: O que aconteceria se nos deixássemos levar até a felicidade? E se voltássemos a ser crianças?
O espetáculo de Pina Bausch, mais uma vez traz música brasileira de dois dos nossos expoentes máximos: NANA VASCONCELOS e CAETANO VELOSO.

Teatro Alfa
Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 - Tel. 5693-4000
Santo Amaro
28 de agosto a 3 de setembro

segunda a sábado, 21h domingo, 18 h - Duração 1,30 hs.
Setor I = R$ 200,00, Setor II = R$ 150,00, Setor III R$ 100,00, Setor IV = R$ 30,00

* Direção Artística e Coreografia: Pina Bausch
* Cenografia: Peter Pabst
* Figurino: Marion Cito
* Colaboração Musical: Matthias Burkert, Andréas Eisenschneider
* Assistentes de direção artística: Marion Cito, Daphnis Kokkinos, Robert Sturm

* Elenco: Rainier Behr, Lutz Förster, Ditta Miranda Jasjfi, Melanie Maurin, Dominique Mercy, Pascal Merighi, Nazareth Panadero, Helena Pikon, Azusa Seyama, Julie Anne Stanzak, Fernando Suels, Kenji Takagi.

* Músicas: Félix Lajko, Nana Vasconcelos, Caetano Veloso, Bugge Wesseltoft, Amon Tobin, Mari Boine, Shirley Horn, Nina Simone, Lisa Ekdhal, Gerry Mulligan Uhuhboo Project (Corée), Cinematic Orchestra, Goldfrapp, Gotan project, Guem, Hughscore, Koop, Labradford, T.O.M., Prince, Marc Ribot.

* Textos: Harmonia Coelestis et Keepers of the Night de Péter Esterhazy, Native American Stories and Nocturnal Activities for Children de Michael J. Caduto e How the Bat Came to Be de Joseph Bruchac.

Nenhum comentário: