Seguidores

13.1.07


Palhaço Cuti-Cuti, o Pregoeiro e o Márcio Libar

O título acima, pertence a uma entidade só na pessoa do ator, do palhaço, do artista popular, do agitador cultural, o Márcio Libar. E este post é pra dizer que eu preciso ir à CASA DA GÁVEA pela décima quinta vez (exagêros á parte, mas dá quasi isso, ou mais, se contar as vezes que eu programei e não pude ir ), ver "O PREGOEIRO", espetáculo solo do Márcio Libar, até o dia 28 desse mês corrente. Fiquem espertos porque são só três finais de semana, às sextas, sábados e domingos às 21 hs.
Recentemente no Anjos do Picadeiro 5, na Fundição Progresso, ví o melhor espetáculo de todos que eu já assistí nos mais diferentes espaços. O espetáculo amadureceu, ganhou outra dimensão, e o Márcio Libar usa e abusa da sua experiência como artista popular para mostrar a gênese de um palhaço num grande momento artístico. E, nem preciso dizer, que o Cuti encanta a platéia de todas as idades, principalmente a feminina.
O espetáculo já foi visto por mais de vinte mil pessoas em quasi todos os estados brasileiros, e apresentações fora do País.
Não vá ou se arrependerá para todo o sempre...

O PREGOEIRO tem a criação, atuação, direção, trilha e o escambau do Márcio Libar e a participação (atuante e vibrante) do paspalho Fabricio Dornelles.
Márcio Libar, é um dos fundadores do Teatro de Anônimo, onde trabalhou por 18 anos. Uma das grandes referências da arte do palhaço no País, já trabalhou com grandes mestres dessa arte pelo mundo afóra. E, aproveitando todas as deixas nos festivais que organiza, tem promovido o intercâmbio entre esses mestres da arte circense. Sua oficina "A Nobre Arte do Palhaço", atrai pessoas de todas as profissões, e já foi ministrada em quasi todos os estados do Brasil nos últimos sete anos. Além disso, atúa com destaque na gestão da politica cultural do Rio. Ia esquecendo dizer que é o idealizador do Projeto Mundo ao Contrario.

Nenhum comentário: