Seguidores

23.6.08

PERCEPTOS E AFETOS - A NOBRE ARTE DO PALHAÇO MARCIO LIBAR

Acontece que eu vivenciei, testemunhei muitas das historias narradas em "A Nobre Arte do Palhaço", e agora ao ler o livro, fui tomada por uma estranha, indizível emoção. Eu me estranhava, entrava em outro estado, e não sabia definir o tempo, a duração daquele momento, era só sensações - todas numa única, canalizando para um chôro compulsivo. e que eu logo identifiquei como uma experiência de Corpo sem Órgãos (teoria do Deleuze e Gattari, a partir de Artaud - "Como fazer para si um Corpo sem Órgãos?" em Mille Plateaux. Paris, Minuit, 1980, e tema da minha monografia na FAV). Experienciei esse estado nos relatos mais comoventes para mim, o do Festival de São José do Rio Preto e o nascimento do Cuti.
Novas percepções, cedendo a um processo de vida, criando novos afetos e percepções (perceptos e afetos no que se constitue o ser, a sensação conforme Gilles Deleuze ),ou novas percepções concentradas no percepto e intensificando o afeto.

Estava ainda pensando nesse barato que é se perceber nesse feixe de acontecimentos, e viajando nessa idéia, na tentativa de postar aqui as minhas impressões sobre o livro, quando encontrei por puro acaso (ou seria a sincronicidade do Jung) aqui em cima da mesa de trabalho, um caderno de anotações com esse pensamento do grande historiador inglês Edward Hallett Carr (1892/1982):

"Os fatos não falam por si". Falam quando alguém os aborda, ou seja: os fatos podem ser obrigados a falarem por quem os aborda, e a dizerem o que não podem dizer. Daí que se convencionou chamar de "versões" dos fatos.

E foi assim que na versão do Marcio para os fatos vivenciados por mim, eles falaram o que a minha versão deles até então não tinha alcançado em toda a sua dimensão, plenitude e grandeza. Proezas desse novo escritor. Aliás, esse danadinho, é um escritor nato.

AS MANHAS E ARTES DE UM ESCRITOR

"A Nobre Arte do Palhaço" aborda o desenvolvimento da arte circense no País, nas duas últimas décadas. Márcio Libar fala, dos seus mestres - do saudoso Nani Colombaioni - parceiro de Felini ao Palhaço Xuxu um dos fundadores da Intrépida Trupe e que influenciou toda uma geração na arte da palhaçaria, entre outros nomes importantes da arte circense nacional e internacional.

Esse livro impressionou-me profundamente pela generosidade do autor na exposição da sua vida pessoal e artística sem meias verdades,inteiro, nobre, bufão, palhaço, despudoradamente humano. Misturando sua vida pessoal com a vida de artísta, e muitas vezes de uma inesperada sinceridade ao narrar fatos de sua vida pessoal. E em outras, passa com a maior propriedade, de um estilo de narração refinado, e com uma reflexão intelectualmente sofisticada, ao mais escatológico dos comentários.

Até arrisco palpitar que ele traz para a linguagem literária, as técnicas da arte circense, na linguagem do palhaço, do bufão, da clownaria, da comédia, etc. arrancando boas gargalhadas do leitor.
Eu rí muito das cenas engraçadas, com a piada no tempo certo. Um Mestre.

Esse livro é leitura obrigatória não só para os artistas circenses, do teatro, da dança, para pesquisadores, etc. mas para todo o tipo de público. É uma historia real de vida, de arte, de movimento de um palhaço do século 21.



EM TEMPO:
Em temporada especial para divulgar seu primeiro livro, "A Nobre Arte do Palhaço", Márcio Libar apresenta o espetáculo "O Pregoeiro", todas as terças, às 21h, na Choperia Parada da Lapa.
Lá você encontra bom chopp, literatura e teatro numa tacada só! Quem já viu, leve os amigos! Quem já viu e não tem o livro... vá ver de novo e compre o livro! E quem estiver a fim de tomar um chopp, é só aparecer! Você escolhe como pagar o ingresso: R$30,00 (livro + espetáculo) ou R$ 15,00 (somente espetáculo).
A Choperia Parada da Lapa fica bem em frente aos Arcos da Lapa. Rua dos Arcos, 24, na Fundição Progresso. Para entrar na lista amiga, basta ligar para 2548-4339 ou 9359-0398.

Nenhum comentário: