Seguidores

21.11.06


O guri da foto é o marchand Renato Rosa

Festejando a vida e a arte

O prestigiado e respeitado marchand gaúcho Renato Rosa, comemora os seus bem vividos sessenta anos, organizando uma coletiva de 28 artistas, com o sugestivo título VISÃO 6.0, que abre hoje na Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre.

Renato Rosa, querido amigo desde os meus tempos de estudante de teatro no Instituto de Arte Dramática da UFRGS, e um dos integrantes do Cacho (grupo de jovens estudantes da UFRGS, que nos anos sessenta agitou todas na city) mora atualmente no Rio, e trabalha aqui na Bolsa de Arte, em Ipanema.

A Zero Hora de hoje dedicou várias páginas ao evento, e numa entrevista à Joana Saraiva ele afirma que Visão 6.0 é uma forma de recontar um pedaço de sua história. O revival começa com uma pintura do recém-falecido Henrique Fuhro, primeiro artista com o qual Rosa trabalhou, e segue com outros tantos nomes. Fragmentos de textos de Lya Luft, Ivo Bender e Walmir Ayala, nas paredes, traduzem angústias e dúvidas do homem das artes aos 60 anos e, de alguma forma, ilustram também algumas das obras. A relação da exposição - que traz trabalhos em pintura, gravura, objeto e fotografia - com seu título não é um mero acaso.
- São artistas e obras que batem com a minha visão de mundo, são coisas que eu gosto - define Rosa.

Nenhum comentário: