Seguidores desse blog

2.7.17

video
Momentos finais da performance NÃO POSSO FAZER MAIS NADA. DIZER MAIS NADA. MAS PRECISO DIZER MAIS, apropriação da personagem Winnie da peça "Dias Felizes" de Samuel Beckett, apresentada na MOSTRA 69 #3 na Casa Temporàriamente Sem Nome, em Botafogo - RJ
NAO POSSO FAZER MAIS NADA, DIZER MAIS NADA. MAS PRECISO DIZER MAIS.

Performance criada a partir da personagem Winnie da peça DIAS FELIZES de SAMUEL BECKETT. Esse trabalho foi pensado para ser uma roda de conversa com o público, do ponto de vista da personagem Winnie, e as luzes da plateia não se apagam. A inspiração na personagem da Winnie, e essa conversa com a plateia, transformam-se em pretexto para o solo balizado pelos conceitos da performance art.
 Atuação, direção e dramaturgia | Ruth Mezeck
O trabalho foi concebido e realizado durante a oficina de três mêses (julho, agosto e setembro do ano passado) na residência artística  "Apropriação a partir de tudo" no Teatro Poeira, no Rio, coordenada por ADRIANO GUIMARÃES do Coletivo Irmãos Guimarães, de Brasilia.
Cada participante entre os 20 selecionados de todo o país, desenvolveu o seu projeto pessoal, prático, a partir das questões desenvolvidas nessa oficina.

A atriz, palhaça, performer e empreendedora cultural Ruth Mezeck pesquisa e estuda os textos de Samuel Beckett desde 2006, e vem apresentando várias performances do texto "Dias Felizes" em espaços alternativos e festivais de teatro no Rio, e em outros estados brasileiros.
 Em 2007 estreiou a primeira performance beckettiana inspirada em Dias Felizes intitulada ESTADO BECKETT, e a segunda DIZINBOLSA estreiou em 2010 no Festival de Curitiba.
 E no ano passado, a nova versão dessa performance (d'aprés Adriano Guimarães) NÃO POSSO FAZER MAIS NADA. DIZER MAIS NADA. MAS PRECISO DIZER MAIS, estreada em dezembro do ano passado no Oi Futuro - Flamengo.